Entenda o crescimento do delivery e conheça as vantagens de investir no serviço


De 2018 para 2019, o número de usuários em aplicativos que entregam comidas cresceu 20%, um resultado impressionante, mas que deverá aumentar ainda mais em 2020. Portanto, esse é um ótimo momento para quem quer investir em delivery em qualquer setor.

No entanto, muitos investidores ainda ficam reticentes de se cadastrar nos aplicativos de delivery e começar a vender por entrega. Será que vale a pena mesmo? Será que não é só uma moda passageira?

Para entender coroas porque você está perdendo tempo sem investir no delivery, confira abaixo as principais vantagens dos aplicativos e por que você deveria mudar sua postura de negócios hoje mesmo!

1. A alta demanda é uma das razões para investir no delivery

Uma das principais razões para se investir em delivery é a altíssima demanda que os aplicativos possuem, algo que é muito superior aos espaços físicos das empresas.

A lógica é bem simples: suponha que um restaurante fique na rua mais movimentada da cidade. Por maior que seja o tráfego na região, seu público máximo no dia está limitado a sua capacidade de atendimento e a quantidade de gente que passa por ali.

Digamos que 10% da sua cidade trafegue pela região todos os dias, considerando ruas próximas. É um centro bem movimentado.

Ainda assim, não é o suficiente para disputar com os aplicativos, que fatalmente contam com 30%, 40% e talvez 50% da sua cidade.

Por isso, as suas maiores chances de vender estão nos aplicativos e não nos clientes físicos. Não é à toa, por exemplo, que existem restaurantes virtuais que só atendem por aplicativos.

2. Os novos hábitos do consumidor exigem a presença online

O consumidor de hoje não é o mesmo do passado. Antigamente, um encontro romântico, por exemplo, consistia em sair de casa, ir almoçar em algum lugar interessante e depois pegar um cinema.

Isso ainda existe, claro, mas um encontro romântico padrão hoje para um casal de namorados é ficar em casa, pedir uma comida no aplicativo e ver um filme na Netflix, Amazon Prime ou outro serviço de streaming.

Isso sem falar no dia a dia, quando é muito mais cômodo e prático pedir o jantar pelo aplicativo e entrar no banho, saindo bem na hora em que o entregador chega.

As vantagens dos aplicativos de delivery fizeram com que o consumidor valorizasse muito mais a praticidade e comodidade, o que gera ainda mais demanda para os entregadores. E por falar neles…

3.  A infraestrutura amigável incentiva investir em delivery

Uma das grandes vantagens de investir em delivery é o fato de que há uma infraestrutura completa pronta para ser aproveitada.

O que é necessário para poder operar um delivery, seja de qual segmento for? Uma plataforma digital para que os pedidos sejam feitos, um fluxo constante de pessoas e infraestrutura física (no caso, entregadores) para levar os produtos até os clientes.

A maior vantagem de investir em delivery hoje é que essa estrutura já está pronta:

  • os aplicativos são a própria base digital;
  • os usuários estão todos concentrados em 2 ou 3 principais apps;
  • os entregadores operam de forma autônoma e são pagos por entrega pelos aplicativos.

Ou seja: a empresa, seja ela de qual segmento for, só precisa se cadastrar para começar a vender. E por falar nisso…

4. Os aplicativos são extremamente versáteis

É fato inegável que, atualmente, as empresas do setor alimentício são as mais populares em apps. São muitos restaurantes, lanchonetes e hamburguerias nos aplicativos como iFood, Rappi ou Uber Eats.

No entanto, elas não são as únicas. Hoje em dia, praticamente qualquer negócio tem espaço em um aplicativo do tipo. Existem os supermercados que entregam os produtos em casa, as papelarias e até mesmo farmácia delivery.

Se o produto é físico e pode ser transportado sem riscos, então pode ser entregue por um aplicativo do tipo. Isso abre muito mais a margem para bons negócios e alta lucratividade.

5. Os aplicativos permitem decisões de negócios feitas por dados

Uma das vantagens dos aplicativos é que, além de fazer a conexão entre clientes e empresas, eles coletam muitos dados de compras, demandas, ofertas e horários de negócios. Isso permite que muitas decisões empresariais sejam feitas com base nos insights fornecidos pelas análises de dados.

Alguns restaurantes, por exemplo, estabelecem cardápios específicos para determinados horários. Farmácias podem oferecer descontos com base em certas demandas, enquanto supermercados podem oferecer promoções com base em determinados dias.

Todos esses motivos fazem com que seja um excelente negócio investir em delivery. Afinal, o segmento está em franca expansão e ainda não deu sinais de que encontrou o seu teto e vai parar de crescer.

Não é a hora de ficar de fora de uma das maiores tendências dos últimos anos, não é mesmo? E aí, você mudou de ideia sobre investir em delivery? Comente abaixo com a sua opinião!